O The Next Big Idea é “um projeto de informação que se propõe dar a conhecer novas ideias e os seus protagonistas.” Em formato de programa de televisão, o projeto “nasce da experiência de trabalho dos seus promotores em parceria com instituições como The Lisbon MBA e Universidade do Porto” e não se considera apenas um mero programa; há também toda uma comunidade associada.

Recentemente, contaram com a participação da MobilityNow, representada pelo seu fundador Sérgio Pinto, na qual deram destaque à sua criação que tem como objetivo revolucionar o mundo dos eventos – o serviço Beamian.

O beamian é, na sua essência, uma plataforma online que permite aos organizadores de um evento registarem todas as pessoas/entidades envolvidas através do uso de chips e identificadores eletrónicos, permitindo assim uma fácil e rápida identificação e recolha de contactos, o que por sua vez incita e facilita contactos comerciais futuros.

O serviço é completamente adaptável e, dependendo do tipo de evento, apresenta diferentes formatos especializados: em feiras de emprego, o foco está no pré-registo / check-in dos estudantes e o envio de CVs digitais às empresas presentes; em provas de vinho, um chip no copo de vinho (Smart Wine Glass) permite o registo digital e instantâneo dos vinhos preferidos de cada visitante; em feiras profissionais há um grande enfoque dado à troca de contactos comerciais; em eventos corporativos e festivais de música destacam-se os check-ins rápidos, o controlo de acessos, presenças e entradas, bem como gestão da lotação de espaços e até gestão dos consumos.

smart glasses for food&wine fairsO uso de um chip na base do copo permite que este memorize os vinhos preferidos do visitante, bastando passar o copo pelo equipamento no stand do expositor

 

Nas palavras de Sérgio Pinto, a equipa beamian “detetou, ao entrevistar vários expositores, que nem sempre eles conseguiam perceber qual era o retorno do investimento em cada um dos eventos”, e por isso decidiram desenvolver “uma solução em que, no final de cada evento, eles conseguem perceber quais foram as interações tidas, quais são as leads, e de que forma é que conseguem dar seguimento ao negócio levantado em cada um dos eventos”.

O fundador da Beamian explica ainda como é feita a identificação dos visitantes e expositores, com recurso a chips e equipamento eletrónico, de forma a que a troca de contactos ou informação possa ser feita de forma digital.

Todas as informações e todas as interações recolhidas em cada um dos eventos são detalhadas na área privada de cada um dos visitantes e depois resumidas num pequeno booklet de visita ao evento, onde estão listadas cronologicamente todas as passagens que o visitante teve durante o evento, e em todos os stands. Da mesma forma, os expositores recebem uma lista em que estão identificados todos os pedidos comerciais que receberam durante cada evento e depois têm uma forma de dar seguimento a esses contactos, seja através da nossa plataforma, por e-mail ou por SMS, seja através de integração com o CRM de cada um deles. [Dessa forma] conseguem perceber qual é que foi o retorno efetivo do seu investimento no evento

Sérgio Pintoin The Next Big Idea

Sublinha ainda que, no que diz respeito às vantagens para os organizadores, o Beamian consegue fornecer informação analítica que é importante para o desenvolvimento do negócio, tanto porque lhes permite perceber quais são os fluxos das pessoas, quais os horários mais relevantes durante cada evento, como porque passam a ter dados que lhes permitem vender melhor o seu evento, podendo dizer por exemplo que “um evento organizado por nós gera X reuniões ou leads comerciais, e por isso acrescenta valor ao seu negócio”

Se quiser saber mais sobre o beamian ou se tiver dúvidas, fale connosco!